Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O amigo esquecido

por O Paciente Impaciente, em 28.07.16

Lembro-me do dia em que te vi pela primeira vez, estavas com uma amiga minha e na altura não te conhecia mas achava-te a rapariga mais bonita que já tinha visto, fomos aprensentados e muito rapidamene começámos a falar, notava que eras diferente de todas as raparigas que já tinha conhecido, eras mais simpática, mais inteligente.
Começámos a conviver mais ao vivo, gostava de falar contigo e de ouvir tudo o que tinhas para dizer, sentia-me bem porque tinha alguém com quem rir e conversar, mas rapidamente tudo mudou, deixaste de dar notícias, continuei a mandar-te mensagens para saber como estavas mas nunca tinha respostas, pergunto-me o que terei feito para que isso tenha acontecido, mas por mais voltas que dê à cabeça não consigo arranjar uma solução, continuei a fazer a minha vida à minha maneira como se nada fosse, mas uma coisa é certa, irei continuar a lembrar-me de ti mesmo que tenhas perdido a vontade de continuar a falar comigo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:03

Cheira-me a Verão

por O Paciente Impaciente, em 21.07.16

Hoje levantei-me cedo e decidi ir aproveitar o Sol, decidi também ir a outro Café porque naquele onde costumo de ir trabalha lá uma rapariga há pouco tempo e sempre que me vê ignora-me e não me atende.
Quem me conhece sabe que detesto ser ignorado, pensando bem acho que ninguém gosta não é verdade? Entrei e sentei-me numa mesa e tirei a carteira do bolso dos calções, a Empregada, uma rapariga ligeiramente mais nova do que eu estava a atender duas pessoas ao mesmo tempo no balcão, esperei pacientemente a minha vez, alguns minutos depois ela olhou para mim e perguntou-me o que queria, "bom dia, é um café se faz favor" disse eu com um sorriso na cara, ela atendeu-me muito rapidamente e também com um sorriso na cara, paguei no acto da entrega (ou como se costuma de dizer, à Cobrança).
Demorei imenso tempo a beber o café porque estava a ferver e quase que queimei a língua (ninguém te manda ser guloso), comecei a olhar para montra e vi bolos e croissants com um excelente aspecto, mas depois pensei: "não sei se hei-de comer bolos, talvez coma um croissant de chocolate que é muito melhor", acabei de beber o café e voltei a tirar a carteira para fora para ver os meus trocos, por sorte tinha uma moeda de 2€ e fui ao balcão, a rapariga olhou para mim e perguntou-me o que queria, perguntei-lhe gentilmente o preço mas falou tão baixinho que tive sérias dificuldades em perceber, perguntei-lhe se podia repetir e ela voltou a falar baixinho, nada contra, é a sua maneira de ser e eu respeito isso, além disso gosto de raparigas sossegadas, mesmo se não forem também não tenho nada contra, adiante.
Voltei a não perceber e perguntei-lhe novamente o preço, não me disse nada mas notei na sua cara que já se estava a enervar (posso ter percebido mal), voltou a dizer e desta vez percebi porque me inclinei um pouco para a frente, 1€, perguntei-lhe se me podia dar um e muito rapidamente me deu o croissant num pequeno prato, voltei a sentar-me e fiquei alguns minutos a comer porque ainda não tinha comido nada de jeito, apenas um copo de Compal de Ameixa (sim, sei que não se deve beber café em jejum mas é sempre mais forte do que eu).
Quando acabei de comer levantei-me e arrumei a cadeira sem fazer barulho, despedi-me e vim cá para fora, ainda não eram 10h00m e para não ir logo para casa fui dar uma volta a pé pela cidade, os dias têm estado quentes e seria um crime não aproveitar, e não é que cheguei a casa mais animado por ter saído? Pois é, tenho que começar a fazê-lo mais vezes mesmo que seja sozinho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:07

Canais do Youtube

por O Paciente Impaciente, em 18.07.16

Hoje venho falar dos Canais (ou página se preferirem) do Youtube, para muitos é uma grande perda de tempo, para outros é o seu ganha pão (dizem eles), o que é certo é que o Youtube é um site onde podemos fazer "Upload" de vários tipos de música ou até mesmo Vídeos, sinceramente criei um canal a 29 de Outubro de 2010, lá mostro vídeos de Videojogos de vários tipos, há 6 anos atrás ia muitas vezes a esse site e pesquisava sobre Videojogos que iriam sair do Mercado, alguns deles fascinaram-me tanto que decidi fazer o mesmo, é claro que ao início não tinha grandes meios para fazer Vídeos em HD ou Ultra HD (embora que na altura ainda não havia).
Lembro-me de ter um Leitor/Gravador da LG, infelizmente não me lembro bem do modelo, mas penso ser um dos RHT, quando comecei a gravar tinha que copiar os ficheiros para CD e mais tarde copiá-los para o PC, embora que já para o fim tenham começado a dar erro (vai-se lá saber porquê).
Mais tarde consegui juntar mais alguns trocos e comprei um aparelho em 1080p HD, talvez tenha sido por o meu PC não ser suficientemente bom, o que é certo é que quando gravava os Vídeos ficavam lentos e muitas das vezes ficavam com o som fora de "órbita", é daquelas situações que nos dá vontade de arrancar os cabelos, decidi vendê-lo, cerca de um ano depois vi um outro aparelho à venda na Fnac que tinha duas opções, adicionar Marca D'água e não era preciso nenhum PC, "este parece ser fixe" pensei eu, embora que o seu preço tenha sido um pouco elevado decidi comprá-lo, já o tenho há quase 1 ano e até agora nunca me deu problemas, mas as pilhas do comando começam a ficar um pouco gastas (pudera, todos os dias a gravar e editar sem parar).
Em quase 6 anos de vida ainda só consegui juntar 89 assinantes, já tive mais, mas a maioria "pirou-se" porque eu não faço Vídeos com comentários, mas estou seriamente a pensar nisso visto talvez seja a única maneira de ter sucesso, mas existem vários problemas, queria falar em Inglês e sei que me vou engasgar porque não é grande coisa (já foi), depois há a questão de ter uma gaguez ligeira o que dificulta ainda mais as coisas, se for com essa ideia para a frente terei que comprar um microfone visto que apenas o headset que uso não resolve o problema, em baixo deixo o link da minha página para quem quiser ver, embora que seja apenas um passamento gosto de chegar a casa e ter algo com que me entreter, sim, sei que devia de aproveitar melhor a vida, mas estando em casa sem fazer nada é a pior coisa que me podem dar, e vocês seriam capazes de criar uma página no Youtube para que toda a gente visse os vossos trabalhos?

P.S: E não, não tenho namorada tal como diz nos meus Vídeos mais recentes, mas só escrevi isso para que ninguém me ofendesse (sim, já houve quem o fizesse).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:55

Alma Lusitana

por O Paciente Impaciente, em 11.07.16

Quem me conhece sabe que não sou grande fã de Futebol, não percebo rigorosamente nada mas ontem foi um dia diferente, a minha irmã convidou-me para ir a casa dela lanchar, iam também uns amigos do meu cunhado que não conhecia, quando lá cheguei havia imensa comida em cima da mesa da sala, camarão, amendoins torrados com extra sal, batatas fritas de pacote e dois frangos assados.
Confesso que ao início estava o tempo todo calado porque não conhecia bem as pessoas mas isso rapidamente passou, assistimos ao jogo de Portugal contra a França na Final do Euro 2016 enquanto comíamos, a 30m do início do jogo vimos um jogador francês a dar uma valente "castanhada" no joelho do Cristiano Ronaldo, tal como disse, não percebo nada de Futebol mas aquilo foi claramente de propósito, é claro que o Cristiano ficou em lágrimas porque estava numa Final, aquele era o sonho dele, olho para a televisão e vejo-o sentado no chão, vejo também uma pequena borboleta a pairar junto dele, não sou uma pessoa Religiosa mas aquilo foi claramente uma acção Divina, talvez até quem sabe tenha sido a alma do grande Eusébio a dar-lhe força.
O rapaz teve que sair do campo numa maca, os adeptos franceses vaiaram-no porque não gostam dele (a inveja é tramada), realmente os franceses pensavam que nos iam dar uma grande abada, chamaram-nos nojentos, que cheirávamos mal e que não sabíamos jogar à bola, que a nossa comida era horrível, tínhamos mais de metade da Europa contra nós.
Ontem mostrámos ao Mundo quem somos, um Povo humilde e descendente de grandes Conquistadores, a única vez que tive um enorme ataque de nervos num jogo foi mesmo contra a Inglaterra no Euro 2004, apesar de ter saído do campo o Ronaldo continuou a apoiar os seus colegas, abençoado poste que era Português, abençoado Éder por ter marcado aquele belíssimo golo, queriam deitar-nos abaixo, não assinalavam faltas aos jogadores franceses (cá para mim foi comprado).
No fim do Jogo os jogadores franceses queriam ir para os balneários com a cara tapada pela vergonha mas os Seguranças não deixaram, realmente estou de acordo, há que ter Fair Play e aplaudir sempre o vencedor, o Didier Dechamps estava com tanta azia que ia caindo das escadas, no fim fomos para a rua, mais principalmente para a Rotunda Principal da cidade que é onde se festeja Finais de Campeonatos, estive lá muito pouco tempo porque faz-me impressão estar rodeado de tanta gente, mas uma coisa é certa, tenho mais um motivo para ser orgulhosamente Português, como se diz na minha terra: "toma e embrulha".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:51

Compras online

por O Paciente Impaciente, em 07.07.16

Esta semana andava eu à procura de um artigo para comprar, fui de propósito à Worten da minha cidade para ver se tinham mas "bati com o nariz na porta", saí de casa em vão, quando cheguei a casa decidi ir então pesquisar no site deles e também não tinham, na verdade, tinham um mais desenvolvido e muito mais caro, decidi então pesquisar no site na Fnac, embora que não tenha sido mesmo a Fnac a vender o produto mas sim outra loja (por vezes a Fnac é apenas uma intermediária) encontrei o que procurava a um preço razoável, fiz a encomenda por Multibanco no qual me apressei a ir fazer o pagamento.
Cerca de 24h mais tarde o rapaz dos CTT tocou-me à campaínha quando passava pouco das 15h, atendi e assinei um papel, agitei um pouco a caixa e ouvi algumas peças soltas, olhei para ele olhos nos olhos e disse: "isto parece partido", ele, com um sorriso na cara respondeu-me: " é provável que esteja, mas a responsabilidade não é minha, mas sim deles."
 O produto que comprei foi um GPS mais moderno para oferecer ao meu pai porque faz anos no domingo e como ele trabalha nos transportes irá dar-lhe imenso jeito, fechei a porta e abri a embalagem de protecção para ver se realmente vinha algo partido, de facto o monitor vinha com um enorme risco desde o canto superior esquerdo até ao canto inferior direito e tinha ainda alguns pedaços de vidro tirados, num dos cantos tinha também com um enorme pedaço de plástico partido, perdi logo a cabeça, arrumei tudo na caixa novamente e mandei imediatamente um e-mail à Fnac a contar o sucedido, já passaram por algo parecido?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34

Pés de chumbo

por O Paciente Impaciente, em 05.07.16

Ontem eram 18h30 quando a minha mãe me pediu para ir à loja comprar alhos e cebolas, enquanto me calçava foi tirar o dinheiro da carteira e deixou-o em cima da cómoda da entrada, peguei na chave de casa e no dinheiro e lá fui eu todo contente à descoberta do desconhecido, a loja fica entre 5 a 10 minutos a pé da minha casa, àquela hora ainda fazia imenso calor, o caminho para lá correu bem, tinha que me despachar porque o rapaz queria fechar a loja às 19h, pedi o que queria e deu-me um pequeno saco transparente de plástico e deixou-me escolher, ao fim de dois minutos meti tudo em cima do balcão e perguntei quanto devia, confesso que já não me lembro do preço, mas não foi mais do que 2,50€, curioso virou-se para mim e perguntou: "levas tudo no mesmo saco? Não queres separar isso?" "ah não, não é preciso obrigado" respondi eu com um sorriso na cara, dei-lhe o dinheiro e ainda recebi troco, ou melhor, trocos, cascalho, agradeci e vim-me embora.
Agora começam os problemas, ia eu tão bem descansado da minha vidinha a pé quando me cruso com um pequeno grupo de raparigas, todas elas deviam de ter entre 15 a 17 anos e não mais do que isso, olhei para elas mas não liguei, conversavam entre elas e riam-se, talvez por mau jeito ou até mesmo azar meti o pé mal no chão e tropecei, é claro que acabei por cair de "chapa", ou seja, de frente, a minha sorte é que não levava os óculos, o saco de plástico deve de ter voado alguns 10 metros ou talvez até mais, rapidamente tento compor a minha postura, é claro que começo a ouvir as raparigas a rirem-se às gargalhadas à minha custa, olhei para elas mas não lhes disse nada, procurei pelo saco durante vários segundos e lá o encontrei, segui o meu caminho com algumas dores, terei eu pés de chumbo ou foi apenas azar? Já vos aconteceu algo parecido?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:50

Alergias

por O Paciente Impaciente, em 04.07.16

Hoje venho contar algo que me aconteceu, tive que ir a uma consulta no Centro de Saúde para a minha médica de família fazer um Check-Up às minhas análises, cheguei lá e dirigi-me ao balcão, não sei se o preço é igual nas outras cidades, mas onde vivo pedem 5€ por pessoa, fui rapidamente atendido por uma senhora que infelizmente não tinha simpatia nenhuma, ainda estava ao balcão quando a minha médica me chamou, veio cá fora e reparou que eu ainda estava ocupado e decidiu esperar por mim (tenho uma médica de família que é um amor).
Entrei no consultório e cumprimentei-a e sentei-me de seguida, pediu-me as análises e ficou cerca de dois minutos em silêncio, avisou-me que eu tinha o colestrol um pouco elevado e aconselhou-me a fazer exercício todos os dias durante meia-hora, aconselhou-me também a comer mais hortaliça (blherc), aceitei mas sem grande vontade, contei-lhe ainda que passava 23h diárias com o nariz entupido e a espirrar mesmo que não esteja constipado, ela, num gesto de simpatia olhou-me nos olhos e aconselhou-me a ir viver para uma zona em que não haja tanta humidade, mas a questão é: para onde iria eu viver? Sei que não é fácil deixarmos tudo o que mais gostamos para trás, e vocês, têm alguma alergia?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:11

Coisas estranhas

por O Paciente Impaciente, em 02.07.16

Ontem os sogros da minha irmã convidaram os meus pais para irem jantar a casa deles e pediram para que eu também fosse, ao início não queria ir porque não gosto de incomodar ninguém mas a minha irmã lá me convenceu e acabei por ir.
Quando nós chegámos só estavam eles os quatro, a minha irmã, o marido e os seus pais, até que foi agradável porque erámos só nós os sete, coisa que costumava de acontecer quando íamos lanchar a casa dela (minha irmã), a mãe dele informou que o jantar iriam ser carapaus, fiz cara feia porque não gosto praticamente nada que tenha a ver com peixe, a não ser bacalhau à brás e/ou com natas mas lá decidi comer (pois, que remédio), a meio do jantar já eu estava completamente farto daquilo e ainda só tinha comido meio carapau, foi nesse instante que a mãe do meu cunhado se lembrou que ainda tinha pedaços de frango assado com batatas fritas de pacote, é claro que fiquei "parvo" a olhar, a minha querida irmã perguntou-me logo se o queria comer, é claro que aceitei sem pensar duas vezes, aquela perna de frango não era muito grande, mas que me soube tão bem lá isso soube, já vos aconteceu algo do género?

 

?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:25


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

subscrever feeds