Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O espectáculo do milénio

por O Paciente Impaciente, em 06.02.17

Quando cerca de 11 ou 12 anos comecei a ouvir uma banda Portuguesa chamada Moonspell porque eles tinham uma música que adorava imenso e era cantada em Português apesar de não entender as letras, não me consigo mesmo lembrar em que ano foi mas sei que na altura ainda brincava com os bonecos da Playmobil. Os anos foram passando e tentava sempre acompanhar os álbuns, era difícil porque estudava e quase nunca tinha dinheiro para os comprar e a única solução era pedir a alguém para me gravar em CD's (e eu que detesto fazer isso porque neste caso tenho uma enorme admiração e respeito pelos Moonspell).
Andava na escola e tinha milhares de problemas na escola e em casa e a sua música era o meu refúgio, andei estes 20/21 anos com imensa vontade para os ver mas nunca tinha oportunidades, ou era demasiado novo ou então não tinha dinheiro e/ou companhia, neste último natal a minha irmã deu-me uma tablete de chocolate e eu pensava que era apenas uma daquelas prendas que nos oferecem e odiamos (quem nunca o fez que atire a primeira pedra lol). No entanto pediu-me para que o abrisse devagar e assim fiz, reparei que lá dentro tinha um bilhete verde e comecei a ler: "Moonspell XX Irreligious Campo Pequeno Bancada 04 de Fevereiro de 2017", é claro que adorei de imediato mas fiquei preocupado porque pensava que me estava a mandar ir sozinho, enganei-me, eles também foram e já tinham convidado um casal amigo que também adora concertos e já os viram mais vezes.
O dia finalmente chegou, iria ver a minha banda favorita tocar as minhas músicas favoritas e ainda por cima iria ser gravado em DVD, estava tão nervoso que antes de sair de casa tive que ir ao WC cinco vezes (ou talvez até mais) quase duas horas chegámos a Lisboa e a amiga da minha irmã falou num Restaurante que vocês devem de conhecer de certeza, chama-se "The Great American Desaster", cada um pediu o seu hambúrger e os seus sumos e águas, esperámos um bocado e começámos a comer, assim que vi o meu assustei-me porque o hambúrguer era 10x maior que eu e tinha vindo a comer uma sandes de queijo pelo caminho mas comi tudo incluindo as batatas fritas (claro, isso não podia falta) a única coisa que não comi foi a cebola roxa, mais tarde quando acabámos de comer fomos pagar e viémo-nos embora, eram quase 21h e ainda faltava cerca de uma hora para os espectáculo começar mas as portas estavam quase a abrir, fomos logo para o Campo Pequeno (ainda não percebi porque tem esse nome se o recinto é enorme mas não maior que o Pavilhão Atlântico).
Entrámos no Recinto e entregámos os bilhetes a um dos senhores que estavam na entrada e fomos para a bancada, o que vale é que ali não há lugares marcados ou pelo menos desta vez não houve, escolhemos os nossos lugares e esperámos uma eternidade para que o espectáculo começasse, o que vale é que estavam a passar música dos Type O Negative, outra banda que adoro, as pessoas foram chegando e o recinto ficou cada vez mais cheio mas não encheu por completo pelo menos nas bancadas, mais tarde as luzes apagaram-se e as pessoas começaram a gritar, os membros dos Moonspell foram entrando um a um, primeiro foi o Mike e de seguida o Pedro, a seguir veio o Aires e o Ricardo e por fim o Fernando começaram a tocar com 20 minutos de atraso mas rapidamente as pessoas da plateia erguem os seus braços e começaram a filmar com os seus telemóveis (ora, este foi o meu primeiro concerto a sério mas o que aconteceu à geração dos isqueiros?) tocaram 3 álbuns: Wolfheart, Irreligious e o Extinct, foi um espectáculo maravilhos com grandes efeitos de fumo, chamas e lasers (houve uma música em que o Fernando tinha lasers nas luvas) e com mais de três horas, escusado será dizer que para o fim já me estava a dar o sono, mas se valeu imenso a pena ter ido vê-los? Claro que sim, só tenho pena de não ter ido mais preparado mentalmente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:52

Compras Online Parte II

por O Paciente Impaciente, em 03.02.17

Há uns meses fiz uma compra Online, andava à procura de um GPS para oferecer ao meu pai visto que ele trabalha nos transportes e dá-lhe imenso jeito, já tinha ido à Worten da minha cidade e ao site da mesma e nada, decidi então ir procurar no lugar onde menos gosto, onde? Na Fnac claro.
Depois de vários minutos a procurar lá consegui encontrar um que me pareceu bom, o preço esse nem vou falar porque era um pouco caro mas como era para uma ocasião especial e tinha alguns trocos de parte lá decidi então comprar, fiz o registo e saí de casa para ir fazer o pagamento, cerca de de 2/3 dias mais tarde recebo a encomenda, é claro que me apercebi que algo não estava bem e ainda comentei com o transportador dos CTT mas ele claro, respondeu que o problema era da Fnac e não dele (ou até mesmo dos CTT).
Fechei a porta e abri a caixa, agitei-a um pouco e ouvi algo que me pareciam ser peças soltas, qual não é o meu espanto que o produto estava mesmo danificado? A primeira coisa que fiz foi enviar um e-mail à Fnac a explicar a situação e a perguntar o motivo de não terem enviado factura como faziam dantes, enviaram-ma em anexo num e-mail e garantiram-me que a encomenda estava muito bem empacotada, ora, pelo sim pelo não decidi imprimir a factura e ir pessoalmente a uma loja Fnac e explicar a situação, ainda estive algum tempo à espera mas acabaram por me devolver o dinheiro.
Mas o problema agora não é esse, não, no domingo passado a minha mãe decidiu ir ao Modelo porque precisava de uns produtos e eu andava urgentemente a precisar de uma pen de 32Gb para copiar uns ficheiros, tenho um disco externo de 1Tb que está praticamente cheio e é complicado apagar alguns e copiar outros (quem é fã de Informática sente bem o sofrimento que é).
Mas antes disso já tinha passado quase uma tarde inteira a tentar escolher quais ficheiros apagar para copiar outros mas...entre fotos, música, programas e 340Gb em jogos é complicado escolher (acho que para mim a parte mais dolorosa é mesmo ter que apagar jogos que nem sequer correm no meu PC mas enfim). Como estava eu a dizer, no domingo fui à Worten comprar uma pen, queria um disco externo mas são extremamente caros e eu neste momento não posso andar a "derreter" dinheiro, queria também um cabo de rede e não havia, o que é que eu tive que fazer? Ir para casa e entrar no site para fazer encomenda desses dois produtos, fiz o pagamento na segunda-feira de manhã e depois de almoço recebi dois e-mails a dizer que já tinham sido expedidos, que fixe.
Esperei 24h, o problema é que tinha que ir levantar um exame e saí de casa por cinco minutos, o tempo suficiente para irem lá a casa, o mais certo foi eu a sair e eles a chegar, quando cheguei reparei que tinha um aviso na caixa do correio, encomendas essas que não vinham pelos CTT mas sim pela Chronopost, a Empresa que mais detesto, fui ao site deles e marquei uma nova entrega, esperei mais 24h e eu sempre a necessitar das encomendas, no dia seguinte esperei, esperei e esperei, nem pude sair de casa, a sorte é que estou em casa neste momento, andava sempre a seguir as Encomendas e por vezes estava perto, ora, se estavam por perto porque é que não deram cinco minutos do seu tempo para virem aqui? Será preguiça? Desleixo? Falta de tempo?.
Ontem passei-me da cabeça e mandei-lhes um e-mail, perguntei-lhes se a minha morada estava correcta e dei-lhes os meus contactos (telemóvel e fixo), cinco minutos depois ligaram-me com a desculpa de não terem passado por falta de tempo (me engana que eu gosto) e nem desculpa pediram, disseram ainda que ligavam antes de fazer a entrega, eram quase 12h quando me tocaram à campaínha, a sorte é que eu estava em casa nessa altura e não ligaram como prometido, recebi ambas encomendas fora do prazo e uma das caixas já vinha com amolgadelas, sabe-se lá por onde passaram e quando tempo estiveram sem lhes tocar, mas uma coisa é certa, irei começar a ir procurar em lojas do que fazer compras online porque assim poderei ter logo as coisas que me fazem falta e não ter dores de cabeça com preocupações.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:03


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

subscrever feeds